terça-feira, 29 de janeiro de 2013

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

O Cavaco Asiático




As mentes mais distraídas andam hoje muito perturbadas com as palavras do novo ministro das Finanças japonês, que considera que os idosos deveriam “morrer” para aliviar o Estado.

Nada de novo.

Ora vislumbrem a mesma visão de estado, expendida por um dos mais pobres reformados deste jardim à beira-mar plantado, com mais de uma década de antecipação:

"Como é que nos vemos livres deles (no caso, os funcionários públicos)? Reformá-los não resolve o problema, porque deixam de descontar para a Caixa Geral de Aposentações e, portanto, diminui também a receita do IRS. Só resta esperar que acabem por morrer."

Cavaco Silva,  2 de Março de 2002, numa conferência na Faculdade de Economia do Porto.


The Special One...




sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

Pepa Uncut


A versão "original"...

A Psicologia Da Laranja




Realmente, para citar a pitonisa de Berlim (Merkl prós amigos), isto da economia tem muito de psicológico.

Por exemplo, este mês recebi quatro, sim, quatro, vencimentos:

1-vencimento MEC (ensino regular);

2-duodécimo MEC (ensino regular) ;

3-vencimento POPH (ensino profissional);

4-duodécimo POPH (ensino profissional).

Não, não fui aumentado... 

Gandas malucos... 

É assim tipo, em vez de me darem uma laranja, dão-me dez gomos.

Curiosa e concomitantemente, soube que o Prior da Educação (Crato prós amigos), que por acaso foi, aqui há atrasado, fazer uma consulta à pitonisa sobre o ensino profissional, pretende que os alunos do ensino profissional tenham aulas nos institutos politécnicos...

Huuuuummmmm...

Pois...

Bom... todos sabemos que há laranjas que levam mais gomos que outras.




quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

O Banqueiro E O Colchão...





Após investigação aturada, o trasgo descobriu que isso se ficou a dever a um pequeno lapso de memória.

É que, como não confia nos bancos, e com toda a razão, o Salgado tinha pôs o pilim a salvo, guardando-o debaixo do colchão.

Ora, como se trata de um colchão de látex, que graças à sua estrutura de células abertas, permite desfrutar de frescura no Verão e calor no Inverno, o homem só voltou a lembrar-se do dinheirinho, quando virou o colchão na mudança de estação.

Pensavam o quê?!

Hum?!

Que o homem queria fugir ao fisco?!

Más-línguas.


Este País Não É Para Novos...





Infelizmente, o governo ficou.

A emigração cresceu 85% entre 2010 e 2011, segundo dados do Instituto Nacional de Estatística. A faixa etária em que mais se registou a saída foi entre os 25 e 29 anos. 

Um dado a assinalar é que há milhares de crianças e adolescentes que emigraram entre 2010 e 2011.


sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

Também Quero...


- E as gajas? Viste as gajas?
- Eh pá! Tudo ao léu! Hi hi hi


O relatório do FMI que deu hoje tanta polémica, deve ser verdadeiro.

Eu acho que realmente a educação tá caríssima.

E aprecio a devoção do Gaspar em ser ministro para retribuir o que se gastou na educação dele.

Já agora, imbuído do mesmo espírito de missão e altruísmo, disponibilizo-me desde já para ajudar às medidas inteligentes e passar de professor a ministro.

É que, vá lá, daqui a uns anitos, também gostava de ir passar o fim de ano aqueles modestos hotéis de Copacabana.

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Computar Ou Não Computar...





- E porquê? - perguntam vossas excelências.

Porque, apesar de há muitos anos, "a cumprir com reconhecida eficiência, eficácia e sentido de serviço público", os seus salários passaram a ser regidos pelos mesmos princípios da Administração Pública, podendo ser sujeitos a cortes e congelamentos.

Eeeeh láááá!

Alto aí e pára o baile.

Sentido de serviço público tá bem, agora salários de Administração Pública é que não pode ser nada.

O mais curioso, é que estou fartinho até às orelhas, de ouvir dizer que a rapaziada da Administração Pública é que ganha balúrdios de dinheiro... e que no privado é que era só comedimento, modéstia e a santidade de uma vida austera...

A coisa não computa... pois não?




quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Não Há Nechechidade...





Incentivo




Sabe que pode deduzir em sede de IRS, 250 euros, correspondente a 5% do IVA que seja pago com:

a) manutenção e reparação de veículos;

b) alojamento e similares;

c) restauração e similares;

d) atividades de salões de cabeleireiro e institutos de beleza?

Ora, para que 5% do IVA pago perfaça 250 euros, bastam  facturas no montante total de APENAS 26.739,13€ com cabeleireiros, restaurantes, oficinas, etc...

Ou seja,  dividindo 26.739,13€ por 12 meses, basta que gastemos APENAS 2.228,26€ por mês.

Sabe qual é o salário mínimo neste país?...


terça-feira, 1 de janeiro de 2013

Mensagem De Ano Novo


- Ina a malta toda a gregoriar-se...


Yoh, ménes… Tão a ver aqui o mitra cuma def nu speex?

Yah! Tou naquela de tratar dumas cenas dos tugas, qu’andam a bater mal, tázaver?

Óve, nem se passem!

Népia dessa cena de ir pelo refundido dos shares à cata do money, que salta-te um mercado marado dos cornos para a frente e depois temos os ratings à cola!

Pá, a malta ia na descontra pela estrada,  curtindo o som dos loans...e a cag@r na cena dos juros mais mentes e enfiou-se todinho pela narta adentro, na boa e tal…

Aaaaaaaaaaaaaaaaaah pois…

Na viram, óve lá, a baita agência toda marada, toda chinada e bué ugly mêmo, que vai e amanda:

-Yoo, tá td? Tásse... aí no gueto tásse?

- Yah!

- Marado, marado!... Bute ripar uns loans?

- Epá, má onda, tázaver? Népia, népia…

- Dasse! Bute ripar, até te dou avanço nu spread, só naquela da curtição.

- Yah prontes, na boa. Butes lá…

E lá riparam. Só que os tugas enfiaram-se por um short e mamaram cum rating bué má onda, tázaver?

E vai os tugas, quem é e o camano, ah e tal, e não sei quê, e ná ná...

E vai o rating pápós todos... Mas memo, até chuchou os fingers...

E prontes...

Agora keriam qu’aqui o mitra se pusesse a gregoriar todo com essa
cena e inda acabasse chinado não?

Gandas craizis…