quinta-feira, 26 de dezembro de 2013

Surpresa (In)Constitucional




Cavaco Silva, não enviou o diploma do Orçamento do Estado para 2014 para fiscalização preventiva no Tribunal Constitucional.

A sério???

Estou verdadeiramente surpreso.

Mas que inesperado.

A falta que faz ter um presidente da república.


terça-feira, 24 de dezembro de 2013

Notícias Natalícias


Porque razão as renas têm o nariz vermelho?


Utilizando imagens térmicas, um grupo de investigadores suecos descobriu que os narizes das renas parecem avermelhados devido ao aumento do fluxo sanguíneo naquela área que impede o nariz de congelar. 


É claro. 


O Pai Natal tem o nariz vermelho, exactamente pela mesma razão. 


Aquela história da bebida... tudo mentira.


Hips...



Boas Festas


 
FELIZ NATAL


domingo, 15 de dezembro de 2013

Al Auruns




Peter O'Toole, actor irlandês que ficou conhecido pela participação no filme "Lawrence da Arábia", de 1962, morreu. 

Vítima de "doença prolongada", como eufemística e receosamente se diz de quem morre de cancro. A doença é terrível na verdade e, não a mencionar explicitamente, parece ser uma espécie de esconjuro que a exorcisa.

Gostava do actor, não de tudo o que fez, mas de muito do que fez.

Como bom irlandês, estudou numa escola de freiras e gostava (muito) de beber.

Gosto particularmente do filme que lhe deu fama: "Lawrence da Arábia". É um filme extraordinário, sobre a Primeira Guerra Mundial, no Próximo Oriente. Baseia-se numa personagem real, que ganhou um estatuto mítico entre os Árabes, entre os quais ficou conhecido como "Al Auruns".

Anthony Quinn, que é no filme um desses árabes, pergunta a certa altura a Al Auruns, quem são esses árabes de quem ele nunca ouviu falar. Curioso, hã?!

Se quiserem saber mais sobre o que ainda hoje por lá se passa, vejam o filme.

As-salaam-alaykum.





domingo, 8 de dezembro de 2013

Twilight Zone Lusa




Cavaco Silva, que votou contra a sua libertação, vai representar Portugal no funeral de Mandela.

Tururu, tururu...

Cavaco Silva, que afinal votou a favor e contra a sua libertação, vai representar Portugal no funeral de Mandela.

Tururu tururu...

Um relatório do MAI, culpa os bombeiros falecidos no combate aos incêndios deste Verão pela sua própria morte.

 Tururu tururu...

Com um orçamento que corta brutalmente salários e pensões e sobe ferozmente impostos, o ministro da Economia, Pires de Lima, diz que Portugal está a viver um verdadeiro "milagre económico".

Tururu tururu...

Paulo Portas, depois de se demitir irrevogavelmente, continua a ser ministro.

Tururu tururu...

O ministro da educação sueco, do Partido Liberal, diz que os suecos deveriam nacionalizar as suas escolas, o Crato, que não é prior, quer privatizar a escola pública em Portugal.

Tururu tururu...

O Sporting é líder isolado da I Liga.

Tururu tururu...



domingo, 1 de dezembro de 2013

Defenestração




A 1 de Dezembro de 1640 deu-se a Restauração da Independência.

Após 60 anos de domínio filipino, com uma economia deficitária e o constante favorecimento de Castela à custa dos interesses portugueses, eclodiram em várias localidades do país revoltas e motins populares.

É então que um grupo de fidalgos, os conjurados, invade o palácio real de Lisboa, mata a tiro o Secretário de Estado Miguel de Vasconcelos, e lança o seu corpo pela janela, para junto da multidão que se aglomerava no Paço da Ribeira.

Ou seja, o homem foi defenestrado.

O ano passado, este dia era feriado.

Este ano não.

A data comemorou-se este ano com uma campanha de recolha de alimentos dos Bancos Alimentares Contra a Fome, em 1895 supermercados, com 40 mil voluntários em 20 regiões do país.

Ainda bem que já não vivemos nos tempos do Vasconcelos, com uma economia deficitária e o constante favorecimento do estrangeiro à custa dos interesses portugueses.

Ou vivemos?...

Hum?...

Arranjem-me aí uma janela... bem grande e bem alta.

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

Jingóbel


Há dias em que não se pode sair de casa e outros em que se lamenta andar a navegar na net. Estes, são aqueles em que se encontram inanidades como esta:


Se a estupidez pagasse imposto, infelizmente deve ser das raríssimas coisas que ainda não paga, é até remunerada, este imbecil andava todo carimbadinho.

Semelhante ao chavismo? Aquele do Maduro que antecipou o Natal um mês?

Oh amigo, salvo seja, t'arrenego satanás, então quer mais chavismo do que o deste governo?


Estes, foram mais além da troika e agora vão mais além do chavismo, não antecipam o Natal um mês, Natal é o ano inteiro.

Ou seja, Natal é quando um homem quiser, neste caso, é sempre, é permanente, é como a estupidez bronca de alguns.

Um grande jingóbel para si, seu maduro, bem no meio da testa (estou certo de que o vazio dessa cabeça lhe permitirá amortecer a pancada, amolgando e voltando prestes à sua forma original).


quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Dr Victor Von Frankenstein E A Criatura





A prova não é de degustação gastronómica, embora pareça estar a atirar para o universo etílico, é a Prova de avaliação de conhecimentos e capacidades (dos profs).

Cuuuuuuuuuurioooooooooosamente... 

A criatura... 

Foi criada... 

Pelo... 

PS.


segunda-feira, 18 de novembro de 2013

Prior Do Crato




O prior do Crato acordou estremunhado naquele dia.

Com as ceroulas descaídas, a deixar ver o começo do rego, coçou as nalgas e tentou lembrar-se do sonho que lhe havia perturbado o sono...

Matutou e recordou-se.

Ia lançar uma tarifa sobre os mestres.

Ah... pois é, sabia-se lá se eram mesmo mestres... Podiam não ser.

Obrigava-se os gajos a pagar e a prestar provas de novo. 

Mas, alvitrou um jovem pajem, meu senhor, para eles serem mestres já tiveram que prestar provas, é por isso que até dão formação aos oficiais.

Ai é? Pois então, respondeu o prior, melhor ainda, se algum chumbar, a seguir espoliamos esses oficiais que vão ter que repetir a formação... e pagar, claro.

E retirou-se lampeiro. Ia lavar as mãos que estavam com um cheiro esquisito.

Se calhar, pensou ele, vou mudar para fio dental.


domingo, 17 de novembro de 2013

Cristão




Depois de dois diazitos  no Portugal profundo, aquele das aldeias com muito campo à volta, procissões, sacristões e outros ões, que não são para aqui chamados, um tipo regressa à dita civilização e o que vê?

Isto...


E quem o diz?

João César das Neves.

E quem é o tipo?

Um professor catedrático da Universidade Católica Portuguesa.

É verdade, da Universidade Católica Portuguesa.

Espero que a Universidade Católica Portuguesa também por lá tenha cristãos.

Só assim... para desenjoar.


quinta-feira, 14 de novembro de 2013

Pois Claro...




FMI

É natural...

Já todos percebemos que isto é a única coisa que sabem e estão interessados em fazer.

Tanto um como o outro.

Não é novidade.

Não o foi na Grécia...

Nem na Argentina...

Nem no Chile...

Nem cá.


segunda-feira, 11 de novembro de 2013

Agora Veja Lá...





Faz ele senão bem.

É que isto da vida dos pobrezinhos é um mistério... 

Sabe Deus o que fariam com tanto milhão.

É que isto, é gente que não tem noção do dinheiro.

Ainda gastavam tudo em vinho.

Agradeça-se à Divina Providência, pela existência desta gente bondosa que desinteressadamente nos alivia do nosso dinheirinho.



domingo, 10 de novembro de 2013

Álvaro Cunhal




Esteve preso mais anos do que os que cabem numa década, oito dos quais em completo isolamento.

Oito.

Não foi por roubo.

Não foi por fraude fiscal.

Não foi por trafulhices financeiras.

Não foi por participação económica ilícita em negócios.

Sobre ele, disse Adriano Moreira: 

"Não obstante o facto de considerar que as suas concepções não eram aceitáveis, o exemplo da dedicação, da autenticidade tem de ser reconhecido".

A quantas personagens públicas se poderia hoje reconhecer o mesmo?


quinta-feira, 7 de novembro de 2013

O País Dos Milagres







Um homem de Castelo Branco recebeu uma carta da Segurança Social para pagar 41 euros relacionados com a sua gravidez, notícia o jornal local Reconquista, que publica uma cópia da carta com data de 1 de Novembro.

O homem tem 30 dias para pagar os 41 euros, se não conseguir fazer prova que não está grávido.
A notificação do pagamento deve-se a acertos, indevidamente pagos, pela sua «gravidez de risco», explica a carta da Segurança Social.

Albino Ribeiro disse ao jornal que não se recorda de nada relacionado com a gravidez, mas que, a ser verdade, espera a «recompensa por ter sido o primeiro grávido do país».



terça-feira, 5 de novembro de 2013

@ Tudo O Que Puderes




Gabinete do Ministro

Despacho n.º 14293-A/2013

O Decreto Regulamentar n.º 7/2013, de 23 de outubro, vem introduzir
alterações ao Decreto Regulamentar n.º 3/2008, de 21 de janeiro, alterado
pelo Decreto Regulamentar n.º 27/2009, de 6 de outubro, e pelo
Decreto-Lei n.º 75/2010, de 23 de junho, que estabelece o regime da
prova prevista no artigo 22.º do Estatuto da Carreira dos Educadores de
Infância e dos Professores dos Ensinos Básico e Secundário, aprovado
pelo Decreto-Lei n.º 139-A/90, de 28 de abril.
Importa agora, atento o disposto em tal diploma, definir o calendário
de realização da prova de conhecimentos e capacidades, as condições
de aprovação e os valores a pagar pela inscrição, consulta e pedido de
reapreciação da mesma.
Assim, nos termos do disposto no artigo 3.º, no n.º 1 do artigo 4.º
e no n.º 4 do artigo 13.º, todos do Decreto Regulamentar n.º 3/2008,
de 21 de janeiro, na sua redação atual, determino, para o ano escolar
2013-2014, o seguinte:
1 – No ano escolar 2013-2014 a prova de avaliação de conhecimentos
e capacidades, adiante designada por prova, integra a componente comum
e a(s) componente(s) específica(s), nos termos previstos nos n.os 2
e 3 do artigo 3.º do Decreto Regulamentar n.º 3/2008, de 21 de janeiro.
2 – A componente comum da prova realiza-se no dia 18 de dezembro
de 2013.
3 – A(s) componente(s) específica(s) da prova realiza(m)-se entre os
dias 1 de março e 9 de abril de 2014, inclusive.
4 – A classificação da prova e das respetivas componentes expressa-
-se na menção de Aprovado ou Não Aprovado e assumirá também uma
expressão quantitativa, na escala de 0 a 100.
5 – Considera-se aprovado na componente comum da prova o candidato
que obtenha um resultado igual ou superior a cinquenta por cento
da respetiva cotação total.
6 – Considera-se aprovado na(s) componente(s) específica(s) da prova
o candidato que obtenha um resultado igual ou superior a cinquenta por
cento da respetiva cotação total.
7 – O valor a pagar pela inscrição na prova, incluindo a componente
comum e uma componente específica, é fixado em € 20,00.
8 – O valor a pagar pela inscrição em cada componente específica
da prova, além da referida no número anterior, nas situações em que o
candidato pretenda ser opositor a mais do que um grupo de recrutamento,
nos termos do n.º 3 do artigo 3.º e Anexo I do Decreto Regulamentar
n.º 3/2008, de 21 de janeiro, é fixado em € 15,00.
9 – O valor a pagar pela consulta de cada uma das componentes da
prova é fixado em € 15,00.
10 – O valor a pagar pelo pedido de reapreciação de cada uma das
componentes da prova é fixado em € 20,00.
11 – O valor a que se refere o número anterior será restituído sempre
que a classificação resultante da reapreciação for superior à classificação
inicialmente atribuída.
12 – Os valores referidos nos números anteriores serão cobrados pelo
Instituto de Avaliação Educativa, I.P.
13 – O presente Despacho entra em vigor no dia seguinte ao da sua
publicação.

5 de novembro de 2013. — O Ministro da Educação e Ciência, Nuno
Paulo de Sousa Arrobas Crato


quinta-feira, 31 de outubro de 2013

Acreditar...




A ideologia do Estado Novo exaltava a ignorância do povo como uma virtude a valorizar.

Não se discutia.

Acreditava-se.

Nas palavras de Salazar:

"às almas dilaceradas pela dúvida e o negativismo do século, procuramos restituir o conforto das grandes certezas. Não discutimos Deus e a virtude; não discutimos a Pátria e a sua História; não discutimos a autoridade e o seu prestígio; não discutimos a família e a sua moral; não discutimos a glória do trabalho e o seu dever."

"Felizes os que esquecem as letras e voltam à enxada."

Hoje, acredita-se de novo.

Acredita-se que vivemos acima das nossas possibilidades e, agora, para remissão dos nossos pecados, não devemos discutir a glória do trabalho, devemos trabalhar mais horas, ainda que a OCDE diga que somos dos povos da Europa que mais horas já trabalhavam (mais do que os alemães... é verdade), não devemos discutir o seu dever, devemos aceitar ter menos feriados e trabalhar ainda mais e receber menos... é o nosso dever.

Já agora, devemos igualmente esquecer as letras e voltar à enxada, privatizar as escolas, por exemplo, esses covis de madraços, cheios de gente mal-intencionada, que está sempre à espreita da primeira oportunidade para de lá sair e insidiosamente vir aumentar a lista de desempregados, que não fazem justiça ao milagre económico que as nossas empresas têm protagonizado.

Vejam lá que, apesar de por lei só serem agora obrigados a lá ficar até aos 18 anos, muitos ainda têm o descaramento de a seguir ir para a universidade tirar cursos... O que vale é que depois emigram que é um regalo.

Ah! Não querem emigrar?

Então agarrem numa enxada e vão mas é cavar batatas.

Não gostam?

A culpa deve ser da Constituição.

                                                     


terça-feira, 29 de outubro de 2013

O País Dos Milagres II




Mais um milagre:

Número de emigrantes em 2012 foi superior ao total de nascimentos: num só ano, mais de 120 mil portugueses deixaram o país. "São ordens de grandeza que nos atiram para os anos 60".

Tão a ver?

Até já viajamos no tempo!...

E ainda nem há TGV!



O País Dos Milagres




Vivemos num país de milagres...

O presuntivo Presidente da República explicou que a 7.ª avaliação da troika  foi um milagre da Nossa Senhora de Fátima e do 13 de Maio.

O presuntivo Ministro da Economia acha que a economia nacional vive um "milagre económico".

Compreendo agora melhor a demissão do anterior Ministro das Finanças, não foi ele que disse não existir "qualquer solução milagreira para a crise" e que "milagres não vão ser possíveis"?

A mim, parece-me um verdadeiro milagre é que o país ainda exista com beatos destes no poder. Gente que, pelos vistos, percebe tanto de economia como os pastorinhos da Cova da Iria.


sábado, 26 de outubro de 2013

Atraso...





Na página do Sapo, está a seguinte pergunta:

- Este fim de semana os relógios atrasam uma hora. Costuma sentir algum tipo de transtorno durante os primeiros dias após a transição?

Transtorno?

Durante os primeiros dias após a transição?

Oh meus amigos... então?!

Há anos que andamos num permanente atraso de vida e estão agora preocupados com um atraso de uma horita?!...



quarta-feira, 16 de outubro de 2013

O Orçamento E Os Sofistas




O desenvolvimento da sofística ocorreu durante o séc. V a. C. na Grécia.

Os sofistas, mestres da oratória e da eloquência, preocupavam-se mais com a forma do que com o conteúdo do discurso, fazendo da retórica uma técnica de persuasão. 

Nos nossos dias, seriam peritos de marketing político.

Transcrevo um exemplo clássico da sua técnica:

tu tens um cão; 

esse cão gerou cachorros; 

esse cão é teu; 

esse cão é pai; 

portantús... 

esse cão é teu pai;

ou seja...

 tu és irmão dos cachorros.


Ou seja...

Se achas o Orçamento para 2014 abaixo de cão...

A culpa é da tua família.




terça-feira, 15 de outubro de 2013

Os Vampiros


Na última semana troquei de óculos, após uma longa resistência, que se revelou infrutífera, lá tive que ceder e converter-me às lentes progressivas, caso contrário, arriscava-me a ficar ainda mais pitosga.

Ainda mais pitosga do este bando de delinquentes (Mário Soares dixit) que nos (des)governa. 

Com os novos óculos, dizem os meus alunos que pareço o Zeca Afonso. O que já não é mau, é uma comparação que considero elogiosa e me deixa satisfeito pelo facto de a minha rapaziada saber quem é o Zeca.

O Zeca Afonso tinha uma canção que se ajusta na perfeição a estes tempos e, particularmente, ao orçamento de 2014 acabadinho de ser apresentado.

Eles comem tudo e não deixam nada...


domingo, 13 de outubro de 2013

Curiosidades Políticas




Está a falar na televisão o primeiro-ministro.

Curiosamente, este primeiro-ministro não pertence ao partido mais votado nas últimas eleições.

Horror, ou curiosidade política?

sábado, 12 de outubro de 2013

Democracia De Mercado




O primeiro-ministro foi ao programa 'O País Pergunta'.

Vinte cidadãos, escolhidos por duas empresas de estudo de mercado para serem representativos do país, em termos etários, regionais, profissionais ou socioeconómicos, estiveram em estúdio com o primeiro-ministro e líder do PSD, Pedro Passos Coelho.

Assim é que é.

Mais um bocadinho e dispensam-se as eleições... escolhe-se uma empresa de estudo de mercado, que por sua vez escolhe um primeiro-ministro que seja representativo do país.

Se calhar dava melhor resultado.



quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Problemo?




Aquele ser estranho que passa por ser a Directora-Geral do FMI, diz que o Tribunal Constitucional é uma "dificuldade" de Portugal!

Não, não, não.

A dificuldade de Portugal não é o Tribunal Constitucional, não.

A dificuldade de Portugal é mesmo o (des)governo, para quem a vida dos pobrezinhos é um mistério.

A dificuldade de Portugal é mesmo o FMI, que insiste numa austeridade de folhas Excel cheias de delírios e erros que não resistem a uma velhinha prova dos nove.

A dificuldade de Portugal é mesmo o (des)governo, que quer ir mais além da Troika.

Tribunal Constitucional?!

No problemo.




quarta-feira, 11 de setembro de 2013

Os Númaros...





Vai o Crato, esse paladino do rigor, julgo que do "rigor mortis", porque quanto ao outro... tamos conversados, mas dizia eu, vai o Crato e resolve implodir os alunos, que é mais fácil que implodir o Ministério.

Vai ele e diz, assim sem mais nem menos, sem quejandos nem entrementes:


Eh lá c'um raio de sangria desatada...

Fui a correr ao PORDATA...

É conforme...

Por exemplo, no ensino secundário e superior, ganhámos quase o mesmo meio milhão.

Se não acreditam, vão lá ver, é aqui.

Os númaros são uma coisa linda...


quarta-feira, 24 de julho de 2013

Pescadinha...




Portantús...

A culpa da crise é nossa, porque andámos a gastar de mais e a viver acima das nossas possibilidades...

A culpa de não sairmos da crise, também é nossa, porque andamos a gastar de menos e, digo eu, sei lá, a viver abaixo das nossas possibilidades...

Alguém me traga a carabina.



segunda-feira, 22 de julho de 2013

A Montanha Pariu Um (C)Rato





Concurso de professores (que por acaso, se faz de 4 em 4 anos): 3 (ao menos podiam ser 4, só para fazer pendant) entraram nos quadros.

3 - três.

A montanha pariu um (c)rato.



sábado, 13 de julho de 2013

O Cloreto De Sódio E A Política





A propósito do estado da nação e das últimas peripécias, alembrei-me do Sermão de Santo António Aos Peixes, do Padre António Vieira (séc. XVII).

"Vós, diz Cristo, Senhor nosso, falando com os pregadores, sois o sal da terra: e chama-lhes sal da terra, porque quer que façam na terra o que faz o sal. O efeito do sal é impedir a corrupção; mas quando a terra se vê tão corrupta como está a nossa, havendo tantos nela que têm ofício de sal, qual será, ou qual pode ser a causa desta corrupção? Ou é porque o sal não salga, ou porque a terra se não deixa salgar. Ou é porque o sal não salga, e os pregadores não pregam a verdadeira doutrina; ou porque a terra se não deixa salgar e os ouvintes, sendo verdadeira a doutrina que lhes dão, a não querem receber. Ou é porque o sal não salga, e os pregadores dizem uma cousa e fazem outra; ou porque a terra se não deixa salgar, e os ouvintes querem antes imitar o que eles fazem, que fazer o que dizem. Ou é porque o sal não salga, e os pregadores se pregam a si e não a Cristo; ou porque a terra se não deixa salgar, e os ouvintes, em vez de servir a Cristo, servem a seus apetites. Não é tudo isto verdade?"

Uma grande salgalhada, é o que é.



terça-feira, 2 de julho de 2013

A Bola É Redonda




Dada a complexidade do momento que a nação atravessa, o trasgo chama de novo a si a tarefa de elucidar o público (ou, o publicuzinho, como diria o Herman, quando ainda tinha piada).

Observe a imagem, lembre-se de quando andava na escola primária, recorde-se daquele puto melga que infelizmente era o único que tinha uma bola...

Já lhe veio à memória?

Isso mesmo.

É que se passa no governo e na política nacional.



sexta-feira, 28 de junho de 2013

A Greve E Os Dispositivos Corto-Perfurantes





País precisa menos de greves e mais de trabalho 
Passos Coelho

Somos excessivamente pobres para nos permitirmos 
esse luxo (a greve)
Salazar



Muito bem.

Vamos lá a ver o trabalhinho dos ministros hoje:

1. O Conselho de Ministros aprovou a retificação da área da concessão dominial atribuída à Estaleiros Navais de Viana do Castelo, S.A. (ENVC, S.A.), bem como a afetação à área de jurisdição da Administração do Porto de Viana do Castelo, S.A. (APVC, S.A.) das parcelas de terreno assim como dos edifícios, infraestruturas e equipamentos nelas implantados.

2. O Conselho de Ministros aprovou uma proposta de lei que cria a Comissão para o Acompanhamento dos Auxiliares da Justiça (CAAJ).

3. O Conselho de Ministros alterou o regime jurídico dos graus académicos e diplomas do ensino superior, em desenvolvimento do disposto na Lei de Bases do Sistema Educativo.

4. O Conselho de Ministros alterou o regime de inspeções técnicas periódicas de veículos a motor, das inspeções para atribuição de matrícula e das inspeções extraordinárias de veículos a motor e seus reboques, transpondo uma diretiva comunitária que adapta ao progresso técnico a legislação existente.

5. O Conselho de Ministros aprovou um diploma que estabelece o regime jurídico relativo à prevenção de feridas provocadas por dispositivos médicos corto-perfurantes que constituam equipamentos de trabalho nos sectores hospitalar e da prestação de cuidados de saúde, transpondo uma diretiva comunitária.

6. O Conselho de Ministros autorizou também o Instituto de Financiamento da Agricultura e Pescas, I.P., a realizar despesa com aquisição de bens e serviços informáticos para a execução da nova programação da Política Agrícola Comum para 2014-2020.

7. O Conselho de Ministros autorizou ainda a realização de despesa com a aquisição de combustíveis rodoviários, em postos de abastecimento públicos e a granel, para os organismos do Ministério da Administração Interna, uma vez que não está ainda concluído o procedimento do concurso público desencadeado.

8. O Conselho de Ministros aprovou a classificação como monumento nacional do Ribat da Arrifana, na Ponta da Atalaia (Vale da Telha), freguesia e concelho de Aljezur, distrito de Faro.

9. O Conselho de Ministros aprovou a nomeação do presidente do conselho de administração da Entidade Gestora de Reservas Estratégicas de Produtos Petrolíferos, E.P.E.

Pra dia de greve geral, não está mal, hein?!

Curto particularmente a medida 5. 

Sempre achei fascinante o estudo do regime jurídico relativo à prevenção de feridas provocadas por dispositivos médicos corto-perfurantes.


terça-feira, 25 de junho de 2013

Outra Vez Os Númaros






Ou seja, recebeu um montante que, dividido por estes 10 anos, lhe permitia um rendimento mensal superior a 3500 euros e ainda... receber a quantia referente aos dois famigerados subsídios, o de férias e o de natal, todos os anos.

E porém... nem sequer há notícia de que tenha passado pelas agruras do desemprego.

Realmente, o sol quando nasce não é para todos, há uns que estão sempre à sombra.



sexta-feira, 21 de junho de 2013

Vão-Se Poder





Parece que vão-se poder comprar obrigações do tesouro do Estado.

Parece que são os particulares que se vão poder... habilitar à compra.

Quem o diz é o Gaspar (aqui), aquele senhor muuuuuuuuuuuuuuuiiiiiiiito leeeeeeeeeeeeeeennnnnnnnnto, a falar, quero eu dizer, aquele que é fã do Borda D'Água (aqui).

Inda bem que se vai poder.


domingo, 16 de junho de 2013

O Gajo Que Deixou De Fumar...



O gajo que deixou de fumar é o Casanova.

Não, não é esse, é o João Casanova de Almeida, Secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar.

Foi dirigente do Sindicato Nacional e Democrático dos Professores (ver aqui, na sua bio oficial; convenientemente,  não se refere que lá esteve requisitado, haaaaa pois é, não é uma mentira, é só uma omissãozita).


Pois é, no tempo dele é que era, hoje não, aquilo, os sindicatos, mesmo aquele onde esteve requisitado, são uma súcia de malandros.

É uma espécie de antigo fumador convertido ao fanatismo anti-tabágico.

Bora lá fumar um cigarrinho...




Borda D'Água


quarta-feira, 5 de junho de 2013

Cratinices


E LIVRAI-NOS DELES



Nuno Crato

Mais um que acredita em milagres.

É pena que ainda não tenha explicado a coisa aos seus compinchas do governo. 

Por exemplo, ao Gaspar, ele devolve-me a massa que me tem extorquido e concentra-se em objectivos:
- falar como deve ser;
- tentar ser ministro de Portugal e não da Troika;
- tentar perceber como é a vida dos pobres, que para ele é um mistério...

Aliás, o Crato nem recebe salário de ministro, pois não?

O Crato deve receber o salário mínimo, porque ele tem bué de objectivos. São os objectivos cratinos.

                      

domingo, 26 de maio de 2013

Época Danoninho



O Benfica esta época teve um cripto-patrocinador: os iogurtes Danoninho, faltou sempre um bocadinho.

Olhem, para a próxima, virem-se antes para, por exemplo, o Favaios.

segunda-feira, 20 de maio de 2013

S. Jorge E O Dragom


S. Jorge e o Dragão



"Magrebinos: curvem-se perante a Glória do Grande Dragão!"
Carlos Abreu Amorim

Oh amigo, salvo seja, olhe que os cristãos não parecem gostar lá muito do dragão.

Olhe que não foi de costas, nem era pinto, mas foi um Jorge que o matou.